24 de março de 2017

Eleito pela Vogue Italia como um dos 5 jovens estilistas mais promissores do Brasil, Lucas Barros se prepara para a segunda edição do Veste Rio. Saiba mais!

tinta-fresca-1Depois de ter sido apontado pela Vogue Italia como um dos 5 jovens estilistas mais promissores do Brasil, Lucas Barros se prepara para a segunda edição do Veste Rio, o maior evento de negócios de moda no Rio de Janeiro, que acontece de 26 a 30 de abril. A iniciativa, fruto de uma parceria entre a Vogue e o Caderno Ela (do jornal O Globo), visa divulgar e impulsionar o trabalho de dez marcas que tenham até cinco anos de atuação no mercado nacional.

O alagoano foi selecionado por ninguém menos que Costanza Pascolato, colunista da Vogue Brasil; Lilian Pacce; Oskar Metsavaht, da Osklen; Renata Izaal, editora do Caderno Ela; Silvia Rogar, diretora de redação da Vogue Brasil; Leana Braga, gerente de produto – moda e joias – do Senac e a jornalista de moda Patrícia Veiga.

Desde 2012, Lucas teve como seu carro-chefe – e maior diferencial – o trabalho artesanal com pegada contemporânea, sempre carregado de memórias afetivas e do imaginário de sua infância no Nordeste. Em meio à correria para o lançamento da coleção, Lucas bateu um papo com o Stylife e entregou as novidades da carreira. Confira!

  • Como foi a primeira edição do Veste Rio para você?

O Veste Rio foi muito importante para divulgação da marca, pois voltei a desfilar depois de dois anos (meu último desfile tinha sido em 2014, na Casa de Criadores), e muitas pessoas puderam conhecer meu trabalho de perto, sendo bastante positivo. Além da participação no salão de negócios, que trouxe vendas consideráveis, consegui abrir novo ponto de venda (Ka Store, no Rio de Janeiro).

  • O que espera dessa segunda?

Que mais pessoas e lojistas possam conhecer a marca e, assim, aumentar as vendas e pontos pelo Brasil.

  • O que a primeira edição do Veste Rio rendeu para você?

Além de gerar vendas, consegui várias publicações importantes nos veículos que apoia a plataforma de Novos Talentos (Vogue Brasil e Caderno Ela), além de outros. De um dia para outro, comecei receber várias mensagens de diversos lugares do Brasil, de pessoas querendo conhecer mais o meu trabalho. Isso foi muito gratificante.

  • Como foi conceder uma entrevista para a Vogue Itália? O que passou pela sua cabeça quando a publicação, diretamente de um dos maiores berços da no mundo, te procurou?

Quando recebi a primeira mensagem, confesso que a primeira coisa que pensei foi numa antiga conversa que tive com um amigo, anos atrás: “Roma, já pensou um dia o meu trabalho na Vogue Itália?”, e isso me mostrou que aquela vontade, agora, era real. Ao mesmo tempo, pensei no quanto trabalhei para conseguir chegar até aqui, em quantas pessoas maravilhosas me incentivaram, em quanto carinho eu tenho recebido durante todos este anos, e isso me deu mais certeza de que tudo que acredito é possível. Eu pensei na minha família, no apoio que eles me dão todos os dias para seguir esse trabalho, e que eu posso levar essa nossa vontade muito além.

  • O que você mais anda fazendo, profissionalmente falando?

Estou focado na criação da nova coleção, que será lançada no Veste Rio, no dia 26 de abril, no Rio de Janeiro.

You go, Lucas! ♥