12 de março de 2018

De Juiz de Fora para o mundo: conheça a trajetória de Wallace Albuquerque, cerimonialista responsável pelo casamento de Whindersson Nunes e Luísa Sonza!

site-1

11 anos ele decidiu que iria abraçar sua paixão por eventos quando topou trabalhar ao lado do irmão, que atuava no ramo. O que ele não esperava era que seu desejo de realizar grandes cerimônias o faria virar referência no mercado brasileiro. Hoje à frente de seu próprio negócio, o mineiro Wallace Albuquerque deixou sua a cidade natal, Juiz de Fora, para arrancar sorrisos e fazer casais e debutantes terem os melhores dias de suas vidas.

Em um bate-papo descontraído com o Stylife, ele entrega um pouco de sua marca registrada em cerimônias de luxo e fala da trajetória até o casamento do youtuber Whindersson Nunes com a cantora Luísa Sonza, que ocorreu com a vista paradisíaca de São Miguel dos Milagres.

  • Você tem vários casamentos sofisticados no currículo. Como não torna-los parecidos? Como imprime a sua marca em cada um deles?

O segredo de imprimir a minha marca nos eventos sem que eles fiquem iguais uns aos outros se deve ao briefing com os clientes e ao perfil do casal. Eventos de luxo não são somente sobre ostentação. O luxo para mim é o emocional, é quando você consegue trazer algumas características do casal – seja na gastronomia, na decoração, na papelaria -, traduzindo essa essência. Os casamentos se diferenciam um do outro justamente porque cada um é único, cada casal é único, cada pessoa é única.

  • Qual a sua marca registrada? O que configura um casamento como seu?

Sem dúvidas, os eventos de luxo atrelados ao luxo emocional, onde eu possa imprimir o perfil do casal ou da debutante. Estudo todo o perfil do convidado para gente não pecar em absolutamente nada. A propósito, o evento não é feito para os noivos, e sim para os convidados, tudo tem que ser pensado nesse conjunto.

  • Já houve alguma solicitação bizarra / estranha / diferente demais? Tem algo que você abomina e não insere no casamento de jeito nenhum?

Ainda bem que os noivos e debutantes com os quais trabalhei nunca me solicitaram nada bizarro. Houve uma situação muito indelicada que aconteceu em um certo casamento, e eu jamais gostaria que se repetisse: foi quando uma noiva pediu dinheiro de presente e ainda estipulou um valor. Isso me marcou de forma negativa principalmente porque ela pediu para confirmar presença com a cota mínima e solicitou que a equipe fosse de mesa em mesa recolher essa quantia. Acabou deixando uma imagem ruim como se a pessoa estivesse pegando pelo evento.

  • Qual a grande tendência do momento? Paredão com flores?

No casamento muita coisa se torna referência, como está sendo com o paredão de flores. Porém, algumas noivas chegam com ideias prontas e não abrem mão, o que dificulta um pouco na hora de executar – e acaba ocorrendo uma certa repetição. Hoje eu posso dizer que umas das grandes tendências são os muros de flores e os objetos geométricos para decoração de eventos. Já o buquê cascata saiu completamente de moda… quem sabe um dia ele não retorna, né?

  • Quais e quem são suas inspirações? Onde você as buscas?

As minhas inspirações estão em toda parte, em todo lugar que eu vou. Se eu faço uma viagem, eu busco inspiração – assim como na Casa Cor. Cada lugar tem o seu perfil e gera uma referência. Curitiba, onde eu moro atualmente, por exemplo, tem uma pegada bem mais clássica, com um certo costume europeu como aquele lance de abertura da pista de dança ou do buffet… isso varia muito de um lugar para o outro.

  • Como surgiu o convite para o casamento do Whindersson e o que eles te pediram? 

O convite do Whindersson e da Luísa foi na verdade para mim uma grande surpresa. Por mais que a gente lute e esteja no mercado há anos, eu não imaginava ser convidado para fazer o evento do ano, um casamento que seria tão referência assim. Aconteceu uma seleção de cerimoniais e assessores e aí o empresário deles ligou sem se identificar, pedindo o portfólio e o orçamento. Eu estudei todo o evento do jeito que eles estavam querendo e lancei a proposta. E foi bem de cara! Eles adoraram! Uma semana depois me ligaram dizendo que fui escolhido e que estava dentro do corpo de planejamento. O que eu tenho a dizer sobre eles é que são pessoas incríveis, simples e humildes. Vou leva-los no coração pelo resto da minha vida. Ter a confiança deles para mim foi bem mais valioso que qualquer pagamento. E graças a Deus eles estão bastante satisfeitos com o trabalho onde o único agravante foi a chuva, mas saiu tudo conforme o planejado.

Fotos: Estudio Megazap